Couro: exportações tiveram alta de 25,1%

 

Assessoria

O significativo crescimento das exportações de couros e peles no mês de fevereiro (alta de 25,1% em relação ao mesmo período do ano passado) foi confirmado pela Secretaria de Comércio Exterior, ligada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Divulgados em primeira mão pelo Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), os dados mostram ainda um crescimento em relação a janeiro deste ano: 14,6%. Em fevereiro, foram exportados US$ 188,854 milhões.

As estatísticas são animadoras e podem servir de base para o bom ano que a indústria coureira espera ter no mercado externo. Com a realização da Fimec, entre os dias 12 e 15 de março, o setor de couros deve gerar bons negócios, principalmente com compradores de fora do país que chegam a Novo Hamburgo por meio do Projeto Comprador, desenvolvido por CICB e Apex-Brasil; são quatro compradores, todos oriundos da China, que foi um dos países identificados como mercado-alvo de potencial crescimento para as exportações de couros e peles, segundo o Planejamento Estratégico do CICB.

Apesar dos números positivos e das diversas ações que a entidade promove para fortalecer o couro do Brasil no mercado internacional, a recente variação de câmbio pode ser um fator de dificuldade para as exportações nos próximos meses.

Fonte: http://agro.olhardireto.com.br